terça-feira, 4 de maio de 2010

A Band e sua mais nova tentativa

A Band lançou nesta segunda-feira sua "nova" grade de programação. Nova entre aspas, porque praticamente não mudou nada. O missionário, que deveria rodar de vez (pelo menos do horário nobre) continua lá, firme e forte - só que com tempo reduzido. A novidade da noite foi a estreia da série Band of Brothers, que por aqui ganhou a "tradução" Irmãos de Guerra, produção premiada de Steven Spielberg e Tom Hanks.

Diferente do que acontecia até sexta-feira passada, o Video News não entregou para a linha de shows - da série, foi direto para o CQC. O programa de Nadja Haddad agora ocupa o horário antes pertencente à novela Quase Anjos, que foi transferida para as manhãs da emissora. Aliás, esta foi aposta pra lá de arriscada, e está gerando protesto entre os fãs do folheteen argentino, que na maioria não deve estar em casa no horário de exibição...

Mas voltando a falar sobre as estreias, nesta terça, 04/05, finalmente entra no ar o jornalístico (?) A Liga, que conta com quatro repórteres/apresentadores, entre eles o humorista Rafinha Bastos. Logo na estreia, o integrante do CQC aparece caracterizado de mendigo, e passa 30 horas sentindo na pele (by Gugu) como é a vida de um morador de rua. O programa é mais um formato da Quatro Cabezas, empresa argentina que pensa pela emissora brasileira.

Sexta-feira, 07/05, é a vez de Marcelo Rezende estrear à frente do Tribunal na TV - que tardou, mas finalmente vai ser apresentado ao público. O cenário reproduzirá um tribunal, com juizes e advogados de verdade, mas os crimes retratados já terão sido julgados. Pela descrição, o programa lembra o Linha Direta Justiça, apresentado por ele na Globo, e também terá dramatizações dos casos.

Na próxima terça, dia 11, a emissora volta a exibir o humorístico É Tudo Improviso. Nascido para tirar as férias do CQC, o Quinta Categoria versão Morumbi será exibido na faixa das 23 horas, após A Liga. Segundo o apresentador, o cenário, que já era colorido, vai ganhar mais cores ainda!

Por enquanto estas são as apostas da Band - que lançou até novo logo - para ganhar audiência em 2010. O desejo da emissora, vejam só, é ultrapassar o SBT ainda este ano. Para isso, outras estreias estão programadas para acontecer, mas só pelo segundo semestre. Entre elas, está um programa para Marco Luque, intitulado O Formigueiro (nem precisa dizer de quem é o formato), um talk-show apresentado por Danilo Gentilli (prometido como um David Letterman brasileiro) e uma sitcom nacional, chamada Os Anjos do Sexo. A emissora também promete o lançamento do Busão do Brasil, sua versão do BBB dentro de ônibus (!), e novos programas apresentados pelas geladas Daniela Cicarelli e Adriane Galisteu.

Será que dessa vez a Band consegue sair do limbo?

4 comentários. Só estou esperando o seu...:

aionr disse... [Responder]

Eu já apostei bastante na Band, mas ultimamente eu não tenho nem visto muito a TV do Morumbi.
A Band está cheia de idéias boas, que darão audiência. O Tudo Improviso é excelente...
Quase Anjos de manhã, foi burrice, e logo a Band perceberá... Para se consolidar de vez a Band precisa apostar em novelas no horario das 20h10 (Floribella e Dance Dance Dance deram certo nesse horario).

@blogaritmox disse... [Responder]

Quero ver o que a OAB terá a dizer sobre o tal do Tribunal...

J. Júnior disse... [Responder]

"Quatro Cabezas, empresa argentina que pensa pela Band": isso realmente já é uma verdade incontestável, Britto.
Não tenho muito hábito de assistir a Band, pois aqui onde moro a afiliada somente transmite a sua programação noturna (nada durante a manhã e à tarde. Nada mesmo!).
Mas pelo que vejo, as estreias até que são bacanas, mas não me atraem muito.
Tenho meu pé atrás com esse tal de "Tribunal na TV".

Allyson [GC] disse... [Responder]

Eu curti a série 'Band of Brothers'. Muito foda mesmo. Quanto aos outros vamos ver no que vai dar e se vai ser uma boa opção.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...